O Linkedin tornou-se uma fonte rica para encontrar novos colaboradores em diversos segmentos. Ele é uma ferramenta profissional para se manter em contato com diversos profissionais e o seu grande diferencial, se comparado às demais redes sociais, é o seu potencial para o recrutamento.

Com mais de 200 milhões de usuários, o Linkedin dispõe de grandes possibilidades para uma empresa se posicionar como empregadora e atrair os melhores talentos. Geralmente, as empresas optam por usar o “LinkedIn Recruiter“.

Este recurso permite que as empresas rastreiem na Web os profissionais de acordo com a análise de critérios que envolvem habilidades, idade, escolaridade, sexo e até mesmo a interação social.

Muitas organizações têm economizado valores relevantes com esse modelo inovador de recrutamento. Por isso, separamos para você algumas dicas de como utilizar o Linkedin para encontrar novos colaboradores. Acompanhe:

1. Trabalhe uma aparência profissional para a sua página empresarial

Uma de suas primeiras tarefas como um usuário avançado do LinkedIn precisa ser a criação de uma página de negócios. Para fazer isso, você precisa clicar em cima de “Negócios”, na página inicial, e selecionar “Adicionar uma empresa”.

Será solicitado o nome de sua empresa, endereço de e-mail e outras informações referentes ao seu empreendimento.

Ao criar um perfil empresarial no Linkedin, você poderá fornecer informações sobre seu negócio, produtos e serviços. Para ter acesso à versão avançada, é necessário certo investimento, recompensado por ferramentas para fazer upload de vídeos na página e a exibição de depoimentos de colaboradores antigos ou atuais sobre sua empresa, valores e benefícios.

Trabalhando bem esses fatores, você cria valor para a marca. Com isso, novos talentos podem se interessar e buscar sua empresa espontaneamente.

2. Use o LinkedIn Talent Finder

A versão gratuita do Linkedin pode ser usada para uma pesquisa geral, mas não permite encontrar de maneira fácil os perfis mais qualificados. Entretanto, na versão Premium, existe uma ferramenta excelente que facilita o trabalho de recrutamento: o Talent Finder.

As organizações podem usar este recurso para fazer contato com todos da rede Linkedin por meio da função In-Mail e ver perfis completos, ter mais filtros e até mesmo encontrar candidatos que não estão efetivamente à procura de um emprego. O Talent Finder requer um investimento que pode ser consultado assim que você ativar a conta empresarial.

3. Opte pelos anúncios patrocinados

Talvez a maneira mais simples de utilizar o Linkedin para encontrar novos colaboradores seja pelo recurso de empregos patrocinados. Mas como isso funciona?

Seu anúncio vai parar no topo da página inicial da rede social e das mensagens diretas para os perfis que melhor se encaixam na vaga.

Você pode definir quantas vezes seus anúncios aparecerão na primeira posição e até mesmo definir o custo por clique, bem como impor um limite de valor que deseja investir.

4. Participe de grupos do LinkedIn

A maneira mais simples de criar interesse para a sua empresa e para as atuais vagas em aberto é participar de grupos relevantes.

Tenha uma postura proativa, inscrevendo-se em grupos que tenham a ver com seu negócio, criando e desenvolvendo uma rede de contatos com pessoas talentosas.

Ao interagir com pessoas de interesses e ideias semelhantes em grupos de discussão, a empresa pode criar uma presença atraente no Linkedin.

O contexto online é similar ao contexto offline, por isso, não seja direto demais e explícito com os candidatos, mas também não é necessário ser muito cerimonioso. Siga o seu estilo de atuação fora do ambiente da web.

Antes de abordar um candidato no Linkedin, procure elementos em comum que lhe possam ser úteis para criar afinidade no momento da abordagem.

O que você achou deste post sobre como utilizar o Linkedin para encontrar novos colaboradores? Assine nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos como esse!

Powered by Rock Convert