No dia a dia corporativo, algumas tarefas, como as administrativas, acabam demandando muito tempo dos profissionais. Por isso, alguns consideram analisar e fazer um levantamento da quantidade de estagiários na empresa para saberem se podem contratar e ter um apoio em determinadas atividades.

Entretanto, muitas pessoas possuem dúvidas sobre a lei do estágio e não sabem ao certo quantos estagiários uma companhia pode ter. Segundo a lei, essa restrição do número de funcionário x estagiários ocorre exclusivamente nos casos de alunos do ensino médio regular, colegial normal. Não se aplica aos alunos do ensino médio técnico ou superior.

Neste post, mostraremos como calcular a quantidade de jovens, além de como você pode se preparar para lidar com eles diariamente, pois o importante não é a quantidade e sim como desenvolvê-los para que cresçam profissionalmente e se tornem produtivos. Acompanhe conosco!

Contratação simplificada

Há quem pense que admitir estagiários é complexo, mas essa tarefa é bem simples. Primeiro porque eles são isentos de encargos e a lei é bem diferente da de um regime CLT.

Também existem empresas que trabalham em parceria e que prestam suporte neste processo, atuando desde a localização do candidato até a parte burocrática de contratos e documentos exigidos na lei. Do ponto de vista do contratante, esse regime permite treinar e desenvolver um profissional que futuramente pode ser altamente competente a um custo inicial relativamente baixo.

Cálculo da quantidade de estagiários na empresa

De acordo com o artigo 17 da lei 11.788/08, a porcentagem de estagiários de nível médio regular, colegial normal, que uma organização pode contratar é:

  • de 1 a 5 colaboradores: até 1 estagiário; 
  • de 6 a 10 colaboradores: até 2 estagiários; 
  • de 11 a 25 colaboradores: até 5 estagiários; 
  • acima de 25 colaboradores: até 20% de estagiários. Obs.: quando em fração, o número deve ser sempre arredondado para cima.

Entretanto, essa limitação não se aplica aos estagiários de nível médio técnico e superior conforme Parágrafo 4º do referido artigo:

§ 4º Não se aplica o disposto no caput deste artigo aos estágios de nível superior e de nível médio profissional.

Sendo assim, se a organização possui, por exemplo, 70 empregados, só poderão ser contratados, no máximo, 14 estagiários, especificamente de nível médio regular. Caso a empresa possua diversas filiais, os números acima deverão ser calculados para cada filial individualmente.  

Nos casos de estagiários de nível médio técnico e superior, que não se enquadram  nesta limitação, a parte concedente deve apenas levar em consideração que o Supervisor do Estágio poderá supervisionar até 10 estagiários.

Para evitar irregularidades, ou mesmo ações trabalhistas, recomenda-se utilizar os serviços de uma Empresa especializada no segmento.

Treinamento é essencial

Para que o estagiário seja bem aproveitado, é preciso estar atento e saber explorar os talentos e qualificações desse futuro profissional.

Mas, para isso, a empresa precisa escolher um colaborador competente que seja capaz de trabalhar com eles, orientando-os. Esses novos profissionais são capazes de trazer ideias novas para o negócio e podem ser facilmente desenvolvidos de acordo com as necessidades, além de não possuírem “vícios” de experiencias anteriores.

Por outro lado, lembre-se de que essa pode ser a primeira experiência deles no mundo corporativo e que estão em uma fase de formação e, portanto, necessitam de treinamento e acompanhamento presente.

Aprendeu como calcular a quantidade de estagiários na empresa? Como é feita a contratação de estagiários na sua empresa? Siga nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos informativos como este. Estamos no Facebook e LinkedIn!

Powered by Rock Convert