Muitas questões são avaliadas durante um processo seletivo para uma vaga de estágio ou emprego, e a linguagem corporal em uma entrevista pode ser relevante nesse aspecto.

Determinados gestos transmitem insegurança, nervosismo ou desinteresse. Sendo assim, é importante que você saiba quais são eles para evitá-los quando estiver cara a cara com o entrevistador. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura deste artigo!

A importância da linguagem corporal

O caminho para a conquista de uma vaga passa por inúmeras etapas, e é fundamental ficar atento a todas elas. Além de um bom currículo, é preciso ter pontualidade, se expressar bem na entrevista, ter cuidado com o visual e com a forma como você se comporta diante do recrutador.

A linguagem corporal passa uma imagem positiva ou negativa dos candidatos dependendo do gesto realizado, e muitos recrutadores são treinados para interpretar esses sinais, o que influencia na maneira como você é avaliado.

Como transmitir uma boa linguagem corporal em uma entrevista

O momento da entrevista gera um certo nervosismo em muitas pessoas, especialmente nos jovens que estão em busca do primeiro emprego, mas, para se sair bem nessa etapa, é preciso manter a calma para demonstrar suas competências e seus diferenciais ao recrutador.

Durante o encontro, algumas dicas são úteis para transmitir uma boa linguagem corporal:

Não desvie o olhar

Ao fazer ou responder perguntas, é importante manter um contato visual com o entrevistador, pois esse gesto indica atenção e confiança no que você está dizendo. Contudo, não exagere na expressão: olhar fixamente para uma pessoa pode deixá-la desconfortável.

Tenha cuidado com a sua postura

Alguns candidatos sentam de forma desleixada na sala de espera e diante do recrutador, o que geralmente é avaliado de forma negativa. Sendo assim, procure sentar de maneira confortável, mas com a coluna reta e a cabeça erguida para demonstrar interesse e confiança.

Cruzar os braços na frente do corpo é outra atitude que deve ser evitada. Esse comportamento costuma ser visto como sinal de impaciência ou insegurança.

Evite gestos que indicam nervosismo

Cruzar e descruzar as pernas diversas vezes, roer as unhas, morder a ponta da caneta, mexer muito no cabelo ou em colares e pulseiras, por exemplo, são gestos que normalmente indicam nervosismo. Se você tem algum desses hábitos, procure evitá-los durante a entrevista de emprego.

Sorria

Em momentos de nervosismo e ansiedade, como em um processo seletivo, muitas pessoas ficam extremamente sérias, o que pode ser prejudicial para a avaliação. Sendo assim, não se esqueça de sorrir ao entrar na sala e cumprimentar o recrutador e os outros candidatos. O gesto transmite simpatia, segurança e cria um vínculo com as outras pessoas.

Finalize a entrevista com um aperto de mão

Ao iniciar e finalizar a entrevista, dê um aperto de mão firme no recrutador. O gesto não precisa ser exagerado, mas não deve ser muito fraco. Além disso, antes de sair da sala recolha seus pertences de maneira calma, pois atitudes apressadas podem demonstrar que você quer fugir daquela situação.

Ter uma boa linguagem corporal em uma entrevista pode ser um diferencial e aumentar suas chances de sucesso no processo seletivo ao passar credibilidade, confiança e simpatia. Por isso, procure manter a calma e seguir as dicas listadas acima.

Gostou do conteúdo? Quer outras dicas úteis para sua vida profissional? Então assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos como este por e-mail!