Ele é essencial para quem almeja conseguir um estágio, mas, muitas vezes, os jovens profissionais ficam em dúvida sobre como fazer um currículo.

A seleção para uma vaga, geralmente, é bastante concorrida. Por isso, é importante criar um documento que seja atraente e que desperte o interesse do recrutador para que você seja convidado para a entrevista.

Se você tem dificuldades em montar o currículo, continue a leitura e veja algumas dicas que o ajudarão nessa missão:

Tenha cuidado com a formatação

A formatação é um fator bastante relevante na produção do currículo, que deve ser discreto e conciso.

Algumas pessoas acreditam que diferenciar o documento com fontes e cores chamará a atenção do recrutador; no entanto, isso gera o efeito contrário e dificulta a avaliação das informações.

O recomendado é optar por uma fonte simples, como Arial ou Times New Roman, limitar o conteúdo a uma ou duas páginas e dividir as informações em blocos, tais como: dados pessoais, objetivo, qualificações, formação acadêmica, experiências etc.

Saiba como fazer um currículo com palavras-chaves

Os recrutadores recebem uma enorme quantidade de fichas de emprego e precisam fazer uma leitura rápida para identificar as melhores. Diante disso, utilizar palavras-chaves é uma boa estratégia para chamar a atenção.

Contudo, é preciso saber como inseri-las. Não minta e não acrescente as palavras de forma aleatória, pois isso poderá prejudicá-lo. Analise quais são os termos mais comuns da sua área de atuação — e que estejam de acordo com suas experiências e qualificações — e os inclua no texto.

Essa dica também vale para o objetivo ou cargo pretendido. Se você está se candidatando para uma vaga de estágio em administração, por exemplo, esse é o termo que deve constar no documento.

Insira as informações mais importantes primeiro

O tempo de análise de um currículo por parte do recrutador é bastante curto. Por isso, a dica é incluir as informações mais relevantes logo no início. Sendo assim, coloque o nome, idade e formas de contato, depois o objetivo, principais qualificações, formação acadêmica, experiências profissionais, cursos complementares, idioma, voluntariado, entre outros dados.

No item de qualificações, você deve inserir suas as habilidades e características que considera importante para a vaga e que o destaque dos outros concorrentes.

Na parte acadêmica, coloque apenas a formação mais recente e não se esqueça de indicar o nome da instituição de ensino e a previsão de conclusão do curso. Caso tenha experiência profissional, elas devem ser elencadas em ordem cronológica.

Os cursos complementares e as atividades de voluntariado poderão ser um diferencial durante a seleção, então não deixe de incluí-los caso tenham relação com a vaga.

Revise bem o documento

Analise criteriosamente o currículo antes de enviá-lo para a vaga pretendida. Um número errado no seu telefone ou e-mail incompleto dificultará o contato do recrutador, fazendo com que você perca a chance de participar da seleção.

Outro ponto fundamental é revisar a gramática. Erros de português, como falta de concordância e acentuação, são itens negativos.

Por fim, a última dica é ser honesto quanto às informações apresentadas. De nada adianta colocar experiências ou cursos que você não conseguirá comprovar durante a entrevista, não é mesmo?

Esperamos que as dicas acima tenham esclarecidos suas dúvidas sobre como fazer um currículo e o ajudem a conquistar uma vaga!

Você está em busca de uma oportunidade de estágio? Confira as vagas abertas em nosso site e cadastre seu currículo, sem custo, para mais de 28 mil Empresas e Profissionais Liberais que estão em busca de estagiários!
 

Powered by Rock Convert