Sua aspiração do momento é ser estagiário para estender seus conhecimentos e, claro, ter a chance de ser contratado ao fim da experiência? Vamos esclarecer agora mesmo algumas dúvidas que podem surgir quando você decide se empenhar nessa tarefa.

O primeiro passo é entender que tipo de pessoa pode realizar estágio — seja ele remunerado ou não. Veja a seguir alguns conceitos sobre esse tipo de atuação e quais são os aspectos que podem compor o perfil de um estagiário.

O que é considerado estágio?

Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo. Porém, é importante saber que, segundo a Lei do Estágio (no 11.788/08), o estágio não cria vínculo empregatício.

Essa vivência serve, principalmente, para contextualizar as competências que compõem a sua grade curricular e preparar o estudante para o mercado de trabalho.

Além disso, também permite que você observe a atuação de um profissional já formado — e adquira direcionamentos para começar a profissionalizar a sua própria atuação.

Somente estudantes podem estagiar?

Sim! Nos termos da Legislação do Estágio em vigor, e em consonância com o inciso XXXIII, do artigo 7º da Constituição Federal, podem ser contratados sob o regime de Contratos de Estágio, Estudantes a partir de 16 anos que estiverem frequentando o ensino regular, em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.

Essas vagas podem ser oferecidas por pessoas jurídicas de direito privado, órgãos da administração pública, profissionais Liberais e até mesmo pelas próprias instituições de ensino.

É possível ser estagiário estando no 1º período?

Sim! Apesar de muitos estudantes acreditarem que não é possível — ou que não é positivo — iniciarem um estágio no primeiro período de faculdade, essa é uma prática muito indicada. Além do mais, pode ser muito benéfico para o seu perfil profissional.

Tendo esse tipo de experiência você vai ser capaz de acumular conhecimento, e sairá da faculdade com um diferencial prático e uma experiência extensa. Projetando isso para o futuro, oportunidades de contratação certamente surgirão com mais facilidade para você.

Outro benefício de realizar estágios logo no início do seu curso é que você consegue conquistar a tão sonhada independência financeira um pouco mais cedo — e quem sabe até mesmo bancar seus estudos ou outros cursos complementares.

Busque meios para isso e não deixe de se cadastrar em plataformas que te permitam encontrar essas oportunidades.

Caso você ainda esteja no início dos seus estudos, pode surgir uma certa insegurança. Para garantir que seu currículo seja atrativo, enriqueça-o com informações de experiências de vida ou atividades extracurriculares que você já realizou e que podem indicar interesse nas habilidades e competências necessárias para a vaga.

E quando se é recém-formado?

De acordo com a lei, você pode realizar estágio após formado, mas apenas se o motivo for cumprir uma carga horária obrigatória requerida para a conclusão do curso.

É preciso, inclusive, que a sua instituição de ensino disponibilize um atestado notificando a necessidade a quantidade das horas necessárias, porque você não poderá estagiar por horas a mais do que o estipulado neste documento.

Estudantes de pós-graduação também contam?

Uma informação muitas vezes desconsiderada quando o assunto é ser estagiário é a situação da pós-graduação. Você está ciente de que ela também se caracteriza como parte do ensino superior?

É exatamente isso que faz com que pessoas que cursam especializações, aperfeiçoamentos, mestrados e doutorados também possam ser estagiários. Entretanto, isso só ocorre se houver autorização e regulamentação pela instituição de ensino.

Infelizmente essa informação é muito desconhecida tanto por estudantes quanto pelas empresas. Esse fato é ainda mais chamativo quando se leva em conta que o perfil atual de estudantes de pós-graduação consiste em pessoas recém-formadas que ainda não possuem tanta experiência em sua área de formação e pretendem adquirir mais conhecimento e, claro, fazer networking.

Certamente o objetivo desses profissionais é encontrar uma oportunidade de trabalho. Começar com um estágio, ainda que a remuneração não seja alta ou ideal, pode ser uma semente de sucesso a se colher no futuro.

Agora que você já conferiu todos os aspectos que envolvem ser estagiário, está na hora de partir para a busca da sua oportunidade. Quer conhecer uma plataforma que te conecta com empresas que buscam pelo seu perfil, e ainda formaliza a sua contratação? Entre em contato conosco!

Powered by Rock Convert