Recrutar novos talentos é algo que requer não somente a capacidade de identificar um bom currículo, mas também ter um senso de avaliação de personalidade muito grande.

Com o intuito de te auxiliar no desenvolvimento dessa habilidade, listamos aqui 6 características de um bom profissional. Assim, você conseguirá identificar mais facilmente se o candidato tem o que é preciso para fazer a diferença em sua equipe. Continue acompanhando e confira!

1. Ser organizado

Organização não é algo que está diretamente relacionado com competência, mas é uma ferramenta importante para que as tarefas do dia a dia tenham uma fluidez maior e para que haja espaço para as ideias surgirem.

Sendo assim, prefira contratar alguém que tenha senso de organização, pois são essas as pessoas que vão produzir mais e perder menos tempo com coisas pequenas dentro da empresa.

2. Enxergar os outros com empatia

Não há outro modo de trabalhar bem em equipe se não tendo empatia para com os colegas de trabalho. Saber se colocar no lugar das outras pessoas e querer que a equipe cresça unida é uma das características de um bom profissional que mais fazem a diferença nos resultados.

Isso porque a empatia permite um clima organizacional mais leve, e por consequência, uma equipe mais motivada e produtiva. Logo, essa é uma característica indispensável.

3. Ser proativo

Se antecipar aos problemas, não esperar que algo lhe seja solicitado e agir. Essa é uma forte característica, não somente de um bom profissional, mas de um líder em potencial. Portanto, valorize isso em seus candidatos.

4. Encarar desafios

Demonstrar medo diante de um desafio é algo saudável, mas se recusar a encará-lo por isso é preocupante. Se você identificar um candidato que encara os desafios e não teme a possibilidade de errar, você tem aí alguém que pode tomar as decisões mais difíceis no futuro, portanto, considere a sua contratação.

5. Focar na solução

Existem dois tipos de profissionais: os que focam no problema e os que focam na solução. Se você mostrar um problema ao candidato e ele ficar preocupado com sua causa e em como achar ou punir o culpado, você tem aí um funcionário pouco prático e pouco dinâmico.

Por outro lado, se o candidato apresentar, logo de cara, hipóteses de como solucionar o problema antes que ele cause um efeito negativo à empresa, ou formas de evitar que isso aconteça novamente, sem dúvidas, você tem o tipo de pessoa que levará a equipe para frente.

6. Saber ouvir

Saber receber feedbacks positivos e negativos, ouvir sugestões dos colegas e considerar lições de quem já tomou decisões erradas e se arrependeu é uma característica fundamental a todo e qualquer profissional.

Nesse sentido, é importante saber se o candidato é capaz de absorver, de filtrar e de pôr em prática o que aprendeu de bom. Essa não é uma das características de um bom profissional mais requisitadas, mas quem sabe ouvir, certamente, chegará mais cedo à excelência.

E então, achou este artigo interessante? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais – Facebook e Linkedin –, e permita que eles também tenham acesso a essas informações valiosas para o mundo nos negócios!

Powered by Rock Convert