Você sabia que ter um bom ambiente de estudo é um fator significativo para alcançar resultados satisfatórios? Isso acontece porque um local adequado torna o processo mais produtivo, enquanto um ambiente desorganizado e escuro atrapalha o rendimento do estudante.

Essa recomendação é válida para todos os casos que envolvam tarefas de concentração e aprendizado, seja na vida estudantil ou na vida profissional. Sendo assim, se você estuda em casa é importante separar um tempo para organizar seu espaço. Veja, a seguir, dicas de como fazer isso!

Escolha um local tranquilo

Estudar em casa pode ser bastante desafiador, afinal, é preciso adaptar-se à rotina da família e manter o foco para não ceder ao desejo de ficar horas vendo séries e filmes ou acompanhando as redes sociais a cada minuto.

Para te ajudar nesse processo, a dica é escolher uma área tranquila e, de preferência, longe da televisão e de conversas. Além disso, se possível, mantenha o smartphone desligado para evitar interrupções.

Quando não há um escritório em casa, a maioria das pessoas escolhe o quarto para estudar por ser um local mais reservado, contudo, é importante ter uma infraestrutura adequada por lá. Estudar na cama, além de ser pouco produtivo, pode causar dores nas costas, ombros e pescoço devido à postura inadequada.

Analise a infraestrutura do ambiente de estudo

O local escolhido deve ter uma boa infraestrutura com móveis, iluminação e temperatura apropriados, pois esses fatores também interferem em seu rendimento. Se você for estudar online, o sinal do Wi-Fi precisa ser eficiente no cômodo para evitar queda de sinal e interrupções nas atividades.

Providencie o quanto antes uma mesa e uma cadeira confortável, caso ainda não tenha. Isso é essencial para manter a postura correta e evitar dores nas costas em consequência do longo período sentado.

Já a iluminação adequada facilita a concentração e evita o esforço da visão e dores de cabeça. Se o local escolhido for um pouco escuro, procure estudar próximo à janela para aproveitar a luz natural durante o dia e invista em um abajur para garantir a iluminação no período noturno.

Organize o espaço

A organização é outro fator-chave para ter um bom ambiente de estudo. O acúmulo de papéis e materiais é comum durante esse processo, entretanto, isso deixa a mesa bastante bagunçada, o que atrapalha a concentração e pode gerar perda de tempo caso você precise procurar por um documento.

Dessa forma, separe alguns minutos, pelo menos uma vez por semana, para limpar o espaço e jogar fora os itens desnecessários. Investir em quadros de recado, prateleiras e organizadores de mesa, como porta-lápis, são formas de arrumar os materiais e deixá-los sempre à mão.

Coloque itens decorativos

Um espaço organizado não precisa ser frio e monótono. Você pode, sim, incluir itens decorativos para deixá-lo com a sua cara e ainda estimular a criatividade, inspirar e também auxiliar durante os estudos.

Sendo assim, vale colocar quadros com frases inspiradoras, um calendário (além de ser decorativo, contribui para manter os compromissos em dia), quadro para fixar fotos, cronograma de estudo e recados, entre outros itens.

Outra dica interessante é inserir plantas no ambiente de estudo. Uma pesquisa de uma universidade australiana constatou que elas contribuem para aumentar a produtividade dos escritórios em até 15%, bem como melhoram a qualidade de vida de quem passa horas no local.

Como vimos, além de se dedicar ao conteúdo, ter um ambiente de estudo adequado é fundamental para conseguir resultados efetivos, pois ele contribui bastante para isso. Mas antes de colocar a mão na massa, não deixe de conferir também algumas técnicas interessantes para você fixar o que foi aprendido.

Powered by Rock Convert