O profissional liberal enfrenta diversos desafios ao comandar o seu negócio, e é preciso ter certo conhecimento em administração de empresa para que a gestão financeira, a gestão de pessoas e outras áreas funcionem bem.

Um estudo realizado pelo Sebrae constatou que uma em cada três empresas abertas no Brasil fecha em cerca de dois anos. Um dos principais fatores para isso é a falta de conhecimento dos empreendedores e dos profissionais liberais.

É essencial conhecer as boas práticas e se atualizar sobre a gestão de um negócio. Dessa forma, você poderá adotar estratégias e ferramentas que garantam um bom fluxo de caixa, a produtividade da equipe e a competitividade, por exemplo.

Quer saber mais sobre administração de empresa e ver o que você pode fazer para ter sucesso com o seu empreendimento? Continue a leitura e confira as dicas que separamos neste post!

1. Prepare um plano de negócios

Por mais que a sua ideia seja promissora, é fundamental estabelecer os passos necessários para concretizá-la. Por isso, uma das regras básicas para administração de empresas é montar um plano de negócios.

O instrumento é uma maneira de esclarecer os objetivos da companhia e as estratégias para alcançá-los. Ele deve apresentar informações como:

  • descrição do negócio;
  • análise do mercado (perfil dos clientes, concorrentes e fornecedores);
  • capital humano;
  • estratégia de precificação;
  • ações de comunicação e divulgação;
  • plano financeiro (investimentos, despesas fixas e variáveis).

O plano de negócios funciona como um guia que deve ser consultado e atualizado para minimizar riscos, acompanhar a evolução do mercado e direcionar os próximos passos da empresa. Se você tiver outras dúvidas sobre como realizá-lo, o Sebrae preparou um manual que pode ajudar nisso.

2. Estabeleça estratégias de divulgação

Ao fazer o plano de negócios, você terá de pensar em formas de divulgação. Trata-se de uma etapa significativa para o sucesso do empreendimento.

Engana-se quem pensa que as ações de comunicação e divulgação são voltadas apenas para grandes organizações. Profissionais liberais e pequenas empresas podem (e devem) investir em ferramentas para a divulgação de produtos e serviços, bem como para o relacionamento com os clientes.

Entre as estratégias nesse sentido estão:

  • uso de redes sociais;
  • anúncios online;
  • anúncios em revistas e/ou jornais de bairros;
  • envio de newsletter.

Antes de definir as melhores estratégias e ferramentas, lembre-se de que será necessário entender o perfil de seus clientes, onde eles estão, qual a faixa etária e os principais interesses deles. A partir daí, será mais fácil planejar ações de comunicação adequadas.

3. Faça uma boa gestão financeira

Quando falamos em administração de empresa, geralmente uma das principais dificuldades dos novos empreendedores é quanto à gestão financeira. E como você deve imaginar, deslizes nessa etapa podem representar o fim de um negócio.

Um dos passos para conseguir uma boa organização financeira é ter um capital de giro. Ele servirá para arcar com os pagamentos iniciais enquanto você não alcança o retorno desejado, e também como uma reserva em momentos críticos com baixo faturamento.

Outra ação de grande importância é estabelecer um fluxo de caixa com entradas e saídas de recursos. Esse gerenciamento pode ser feito por planilhas ou softwares específicos e deve apresentar dados como:

  • contas a receber;
  • pagamento de impostos e salários;
  • compra de materiais;
  • despesas com aluguel, água, internet etc..

Ao realizar essa etapa de forma adequada, você terá dados mais concretos das despesas e dos lucros. Se o caixa estiver no vermelho, você precisará adotar estratégias para resolver esse problema. Em caso de lucro, procure reservar um montante para investir no crescimento do negócio.

Outra dica é não misturar as contas pessoais com as empresariais. Muitos profissionais liberais enfrentam dificuldades nesse quesito e acabam comprometendo o planejamento, o orçamento e a sustentabilidade do negócio.

4. Delegue tarefas

Uma recomendação para uma boa administração de empresa é delegar tarefas. O gerenciamento de um negócio exige tempo, dedicação e conhecimento em diferentes áreas. Agora, se você tiver o apoio de profissionais especializados, poderá fazer esse trabalho de modo mais eficiente.

Dedique-se ao que você sabe fazer de melhor e ao crescimento do negócio. Deixe que outras pessoas assumam as responsabilidades de algumas das atividades corporativas, tais como finanças, vendas, atendimento e gestão de RH.

Contudo, para delegar tarefas e ter uma equipe qualificada, é essencial fazer um processo de recrutamento e seleção de qualidade. Ele envolve descrição de cargos, anúncios de vaga, análise de currículos e entrevistas.

5. Treine a sua equipe

Mais uma dica relevante sobre administração de empresa está relacionada ao treinamento dos colaboradores. A estratégia é positiva para negócios de todos os portes.

Não basta delegar tarefas: é preciso garantir que os profissionais tenham o conhecimento adequado e estejam engajados com os objetivos da companhia. Para tanto, vale investir em treinamentos como workshops para atualização, processo de integração para novos colaboradores, treinamentos para estagiários, entre outros.

6. Tenha uma boa comunicação interna

As ações de comunicação para o público interno são tão importantes quanto aquelas voltadas para o bom relacionamento com os clientes. Manter uma comunicação clara e eficaz é excelente para disseminar a missão e os valores da empresa, engajar e motivar a equipe, além de contribuir com o clima e a cultura organizacional.

Algumas ações de comunicação interna são:

  • intranet;
  • blog corporativo;
  • jornal mural;
  • eventos internos.

7. Invista em estratégias para otimizar as tarefas

O processo para ter um bom desempenho passa por treinamentos, motivação dos colaboradores e boa comunicação. Mas, além disso, outras maneiras de contribuir com a produtividade da equipe são os investimentos em estratégias e em tecnologias para otimizar as atividades.

Software para controle financeiro ou de estoque e ferramentas para gerenciamento de projetos, por exemplo, são aliados de peso. Invista neles para agregar praticidade à rotina da empresa.

Muitos empreendedores sofrem para se estabelecerem no mercado porque não realizam um planejamento estratégico com informações sobre clientes, concorrentes, custos, entre outros dados. O melhor caminho é buscar qualificação e conhecimento para fazer uma boa administração de empresa, minimizar os riscos e garantir o sucesso do negócio.

Gostou das dicas? Deseja contratar estagiários para a sua equipe? Entre em contato e conheça os nossos serviços! 

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Powered by Rock Convert