Estagiário ou CLT? Entenda as diferenças na hora de contratar

estagiário ou CLT
4 minutos para ler

A formação da equipe é uma etapa essencial para o sucesso de um negócio. Mas, nesse processo, é comum vermos gestores e empreendedores em dúvida sobre a contratação de estagiário ou CLT (Consolidação das Leis de Trabalho). Afinal, as duas modalidades apresentam vantagens e podem contribuir com os resultados da companhia.

Para descobrir qual delas é a mais adequada, é importante analisar as características e os objetivos da empresa. Quer entender melhor o assunto? Continue a leitura e fique por dentro!

Quais as principais diferenças entre estagiário e CLT?

A seguir, vamos apresentar algumas características dessas modalidades para que você entenda o que as diferencia. Acompanhe!

Modalidade CLT

A contração de um funcionário em cargo efetivo segue as normas da CLT (Decreto-Lei n° 5.452/43), que regulamenta as relações trabalhistas.

Uma das principais vantagens é o fato de os funcionários, geralmente, terem mais experiência na função. Além disso, essa modalidade oferece certa estabilidade para trabalhadores e empregadores, o que pode contribuir com a produtividade e o desempenho da companhia.

Contudo, essa forma de contrato envolve custos que devem estar previstos no orçamento empresarial. Além da remuneração mensal, é preciso considerar os valores relacionados ao FGTS, às férias e ao 13° salário, por exemplo.

Modalidade de estágio

Essa modalidade é regida pela Lei do Estágio, que permite que organizações de variados portes recrutem jovens estudantes com o objetivo de aperfeiçoá-los para o mercado de trabalho.

Financeiramente, essa forma de contrato é positiva para a empresa, pois não envolve encargos trabalhistas como acontece na CLT. Outra vantagem é o fato de contar com a inovação do jovem profissional, além de ter a oportunidade de treiná-lo e desenvolvê-lo para, quem sabe, formalizar a contratação.

No entanto, por se tratar de uma formação profissional aliada ao estudo, a carga horária de trabalho é reduzida. Um estagiário de nível universitário, por exemplo, pode trabalhar até 30 horas semanais. Já um funcionário CLT atua por 44 horas semanais.

Powered by Rock Convert

Mas nada impede que seja contratado mais de um estagiário para a mesma função, realizando estágio de 4 horas/dia cada para completar as 8 horas diárias de um funcionário CLT.

O que analisar antes da contratação?

A equipe de trabalho pode ser formada por diferentes cargos. Para entender se é melhor contar com estagiário ou CLT, é recomendado analisar alguns fatores. Veja abaixo quais são eles!

Estrutura da empresa

Seja um Profissional Liberal, MEI (Micro Empreendedor Individual), pequena, media ou grande Empresa, você pode contratar estagiários para integrar o seu quadro de colaboradores. Segundo a Lei do Estágio, é possível que um Supervisor cuide de até 10 estagiários. Mas o melhor é que ele tenha no máximo 3 estagiários sob sua supervisão para poder acompanhar de perto a evolução do futuro profissional.

Sendo assim, a contratação de estagiários deve levar em consideração a estrutura do negócio. Essa estratégia se torna positiva quando o objetivo é formar profissionais sem vícios e com disposição para ajudar no crescimento da equipe e da organização.

Responsabilidades do cargo

A responsabilidade do cargo também deve ser considerada antes de optar por uma modalidade de contratação. Lembre-se de que o objetivo do estágio é aprendizagem supervisionada, ou seja, o estagiário está em formação e tem pouca ou nenhuma experiência. Então, a empresa precisa investir em treinamentos e disponibilizar um profissional experiente para auxiliá-lo nas atividades.

Se o cargo exige habilidades específicas e experiência na área, o recomendado é contar com um profissional CLT. Por outro lado, se a ideia for dividir conhecimento e delegar tarefas, o estagiário se torna uma boa alternativa.

Objetivos da empresa

Outro ponto importante é avaliar os objetivos com a contratação. Assim, será possível definir se será mais vantajoso ter um colaborador experiente ou um jovem talento, que traga inovação para a equipe e que tenha interesse tanto em aprender quanto em crescer profissionalmente.

Ter uma boa equipe é a chave para o sucesso da companhia. Por isso, é fundamental analisar determinados fatores para descobrir se vale mais a pena contratar estagiário ou CLT. Essa atitude ajudará você a selecionar os melhores profissionais de acordo com os objetivos, a estrutura e o orçamento da empresa.

Precisa de um estagiário para o seu negócio? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
seguro de estágioPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

2 thoughts on “Estagiário ou CLT? Entenda as diferenças na hora de contratar

  1. Em relação ao vale transporte e seguro de vida, isto está bem claro…entretanto, tenho uma dúvida: em relação ao auxilio alimentação (VR)…a empresa é obrigada a pagar, caso o estagiário trabalhe 6 horas por dia?

    1. Olá Carlos, não. A lei não prevê o pagamento obrigatório deste benefício, fica a critério exclusivo da Empresa conceder ou não.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.